sexta-feira, 24 de abril de 2009

Por amor ou pela dor?


Meu propósito aqui não é ensinar, ou mostra-me como alguém que já sabe o suficiente para dar conselhos. Ao contrário...meu propósito é compartilharmos coisas de Deus e dividirmos nossas experiencias geradas ao longo de nossas lutas e o que aprendemos com estas mesmas.

E hoje vim falar sobre como nós "humanos" somos tardios em nos aproximarmos de Deus.

Não é segredo e nem mistério pra ninguém de que o pecado nos afasta de Deus, esse assunto vem sendo abordado desde que Adão e Eva sucumbiram aos falsos encantos dos prazeres da carne.

Infelizmente muitos de nós ainda vivemos esta separação entre o homem e Deus, muitos ainda vivem suas vidas de engano e tentam de alguma maneira encontrar algum contentamento para suas vidas vazias. Há pouco tempo estive lendo um livro muito bom que fala sobre uma vida com propósitos. Muitos livros de auto-ajuda enfatizam algum tipo de "fórmula mágica" para o encontro com a verdadeira felicidade. Mas o que realmente funciona? Como ser verdadeiramente feliz?

Mesmo nós cristãos, que nos dizemos conhecedores da palavra de Deus e praticantes da boa fé, nos perdemos as vezes tentando achar o rumo certo para a verdadeira felicidade. O que acredito acontecer a maioria de nós é que nos esquecemos de avistarmos o verdadeiro foco, JESUS.

A biblia nos revela varias passagens enfatizando a necessidade de buscarmos primeiro o reino de Deus e as coisas de Deus para podermos ter as demais. Eu mesma durante anos mantive meu foco em coisas irrelevantes ao meu ministério e ao que Deus busca pra cada um de nós. Hoje me sinto mais centrada nas coisas de Deus e principalmente na busca pelo contentamento espiritual e até mesmo pessoal, já que nós "homens" ainda não aprendemos a separar-nos totalmente das coisas carnais. Porém confesso que anos de depressão e descontentamento por não conseguir alcançar aqueles objetivos que achava essenciais para minha felicidade foram o que me levaram a sofrer as piores dores e desgastes de minha vida.
Após logos anos achando que eu sabia exatamente o que precisava para ser feliz e de literalmente "quebrar a cara" ou "dar com a cara no chão" por diversas vezes nas inumeras e falhas tentativas; Eu parei, respirei...e olhei pra Deus, e percebi o quão vagos e equivocados somos em nossa busca pelo ideal. Só aí realizei-me de que o que me faltava não era isso ou aquilo...e sim mais de Deus.

Na noite de ontem nossa "Tia Beta" veio á obito, aos 64 anos e depois de uma década lutando contra o cancer. Ela demorou exatos 64 anos pra entender de que Jesus Cristo era seu unico salvador e o caminho que a levaria a verdadeira felicidade. Ela confessou Jesus Cristo como seu unico salvador há uns 15 dias, num ato desesperado pela vida ou quem sabe pelo descanso.

Acontece que a omissão de sua vida espiritual com Deus lhe renderam anos sofrendo de uma dolorosa doença e um leito ainda mais doloroso e sentido por tantos de nós. Por amor ou pela dor? Quem há de saber como alguém consegue permancer tanto tempo em dor sem sentir o desejo desesperado de alguma solução que com certeza ao longo de toda sua vida, lhe foi apresentada varias e varias vezes.

Agora não lhe resta mais nada...quizá teve a oportunidade de se sentir segura e feliz em seus ultimos momentos. Afinal de contas...a misericórdia do Senhor está sempre as portas.

Eu deveria me sentir mais agraciada por sua morte do que por sua vida.
Hoje resta-nos apenas o descontentamento, pois a escolha pela dor não foi apenas vivida por ela...e sim por todos nós que a rodeavamos.

Ai de nós seres humanos tão tardios em nos voltarmos para Deus.

Descanse em paz Tia Beta e breve nos veremos no céu.


Um comentário:

Pastoragente disse...

Graça e paz!
Vim conhecer seu Blog e tive uma grata surpresa, pois é muito boa sua iniciativa.
Já estou seguindo.
Venha dar a honra de sua visita no PASTORAGENTE.BLOGSPOT.COM e, se quiser seguí-lo, vai ser uma alegria para mim.
Lá eu exponho da forma mais realista e divertida possível as situações, dúvidas, experiências ministeriais e pessoais de uma mulher simples como eu.
Fique na paz e que o Senhor abençôe você e toda sua família.
Abração!!!